Museu da Ciência e Tecnologia de Milão

Museu da Ciência e Tecnologia de Milão

Apesar de ser um dos museus mais importantes do mundo na sua área, o Museu da Ciência e Tecnologia não é muito interessante para os turistas.

O Museu da Ciência e Tecnologia de Milão (Museo Nazionale della Scienza e della Tecnologia Leonardo da Vinci) foi fundado em 1953 para expor os elementos mais importantes que fizeram parte da evolução científica e tecnológica ao longo da história

O nascimento do museu 

O Museu está instalado no antigo Monastério de San Vittore, construído durante o século XVI, que também funcionou como hospital e quartel militar.

Durante a Segunda Guerra Mundial, o edifício ficou destruído e, depois da sua reconstrução em 1947, foi transformado em museu para exibir uma das melhores coleções de ciência e tecnologia do mundo.

Exposições

A ampla coleção do museu se espalha ao longo de diferentes espaços, abordando temas muito variados: metalurgia, fundição e transporte, física, ótica, acústica, astronomia, desenvolvimento do cálculo, medição do tempo, impressão, cinema, fotografia, telefone e televisão.

Na área dos transportes se pode ver a primeira locomotora da Itália, assim como um barco enorme e um submarino.

Uma das partes mais especiais do museu é dedicada ao mestre Leonardo da Vinci, homem que dominou as artes da ciência e da tecnologia. Nessa galeria você pode ver maquetes de madeira das diferentes coisas que foram inventadas pelo gênio.

Ideal para pesquisar, pouco indicado para turistas 

O Museu da Ciência e Tecnologia está focado na exploração do mundo da ciência. Trata-se de um centro de pesquisa onde as crianças podem explorar em laboratórios ativos, mas que não é muito interessante para os visitantes que só queiram passear.

Horário

De terça a sexta, das 10:00 às 18:00 horas.
Sábados e feriados, das 10:00 às 19:00 horas.
Fechado, todas as segundas, 24 e 25 de dezembro e 1º de janeiro.

Preço

Adultos: 10€.
Menores de 25 anos e maiores de 65: 7,50€.
Menores de 3 anos: entrada gratuita.

Transporte

Metrô: S. Ambroglio, linha 2.
Ônibus: linhas 50, 58 e 94.